29 de jan de 2009

Janelas.


Olá companheiros blogueiros!!!

Estava dando uma arrumada nas coisas no armário, e encontrei uma pasta da época do meu 1º ano, fucei, fucei, até que achei um texto, que muito me agradou e queria compartilhar com vocês.

A menina debruçada na janela, trazia nos olhos lágrimas e o peito oprimido pela dor causada pela morte do seu cão de estimação. Com pesar, observava atenta ao jardineiro a enterrar o corpo do amigo de tantas brincadeiras.
O avô que observava a neta, aproximou-se, tomou-a pela mão e conduziu-a para uma janela localizada no outro lado da sala, para que visse o jardim florido e perguntou-lhe carinhosamante:
-Está vendo aquele pé de rosas amarelas bem ali à frente? Lembra que você ajudou a plantá-lo? Era apenas um pequeno galho cheio de espinhos e hoje veja está lindo, carregado de flores perfumadas e botões.
A menina enxugou as lágrimas em sua face e abriu largo sorriso mostrando as abelhas que pousavam sobre as flores e borboletas que faziam festa entre uma e outra das tantas rosas de variados matizes que enfeitavam o jardim.
O avô satisfeito por tê-la ajudado a superar o momento de dor, falou-lhe com afeto:
-A vida nos oferece várias janelas. Quando a paisagem de uma delas nos causar tristeza é só buscarmos outra, e certamante nos depararemos com uma paisagem diferente, capaz de nos dar conforto. Tantos são os momentos de nossa existência, tantas as oportunidades de aprendizado que nos visitam no dia a dia que não vale a pena sofrer diante de quadros que não podemos alterar.
Todos os momentos de nossas vidas, são experiências valiosas, das quais devemos tirar lições oportunas sem nos deixar tragar pelo desespero ou revolta.
Se hoje de uma de suas janelas, você observa um quadro desolador, lembre-se de que existem tantas outras janelas, com paisagens repletas de promessas de melhores dias.
Não se permita simplesmente contemplar a janela da dor.
Aproveite a lição e abra novas janelas, seguindo em frente com animo e disposição.

Essa mensagem é de autoria desconhecida, mas com certeza de uma lição maravilhosa para todos nós. Ela vai além de nos fazer notar a vida com outros olhos, nos ensina também a sermos solidarios com a dor do próximo, e nos faz querer ajudar aqueles que necessitam de um amigo de verdade.

Agradeço muito -mesmo- a todos os bons professores que tive, pois com a ajuda deles, me tornei uma pessoa muito melhor. Sou fruto, não apenas da família, mas do bom meio em que cresci, e das boas coisas que escolhi captar para fazerem parte de mim.

Um abraço bem caloroso!!!

2 comentários:

* Patty Meirelles * disse...

Tem desafio para você lá no meu blog.
Bjssssssss

Sonia Schmorantz disse...

Tarde pintada
Por não sei que pintor.
Nunca vi tanta cor
Tão colorida!
Se é de morte ou de vida,
Não é comigo.
Eu, simplesmente, digo
Que há fantasia
Neste dia,
Que o mundo me parece
Vestido por ciganas adivinhas,
E que gosto de o ver, e me apetece
Ter folhas, como as vinhas.


Miguel Torga

Um abraço