5 de mai de 2009

F E L I C I D A D E !

Todos nós procuramos a felicidade sem conseguirmos encontrá-la, porque a procuramos onde ela não está. Habitualmente procuramos a felicidade nos objetos exteriores em vez de procurá-la em um estado interior. A experiência tem-nos demonstrado que nossa atitude habitual leva-nos a um contínuo fracasso. Por isso, precisamos mudar radicalmente de atitude, buscando a felicidade em nosso interior.

O ALFABETO DA FELICIDADE

(A): É muito difícil definir a FELICIDADE, esse bem tão desejável. No entanto, podemos falar sobre ela, expondo diferentes ângulos pelos quais pode ser vista, apreciada e compreendida. Assim, podemos afirmar, por exemplo, que a felicidade está presente quando não somos obrigados a fazer o que não queremos. O simples fato de termos de engolir o que não queremos nos torna infelizes, não é verdade? Outro exemplo: as coisas complicadas raramente trazem felicidade; ela é mais facilmente encontrada nas coisas simples.

(B): A felicidade não se permite ser egoísta. Quando verdadeira, ela quer espalhar-se, contaminar tudo à sua volta. Ela quer doar-se! Nesse sentido, é uma riqueza que a todos quer enriquecer.

(C): Não existe felicidade completa. Quando compreendemos e aceitamos esse fato, ficamos mais sábios, passando a saborear melhor cada gota de felicidade proporcionada por nosso destino e nossos esforços.

(D): A felicidade tem de ser procurada ativamente. Se ficarmos passivamente à espera de alguém ou de algum fato que nos traga felicidade, veremos que ela nunca chegará. Ao contrário, é muito provável que a tristeza chegue antes dela.

(E): A felicidade é uma graça exigente, pois requer inteligência, energia, atenção e empenho. Só quando esses requisitos estiverem presentes, ela poderá se aproximar de nós.

(F): Ser gentil traz felicidade, pois é uma atitude pertencente à família do AMOR.

(G): A felicidade é uma árvore cujas raízes estão dentro de nós mesmos; apenas suas folhas dependem das coisas exteriores.

(H): Por incrível que pareça, o fato de termos sido infelizes nos permite apreciar melhor a felicidade.

(I): A verdadeira felicidade está em ficarmos livres de preocupações, emoções negativas e desejos incontroláveis.

(J): Os deuses nos criaram para sentirmos felicidade. Somos nós que fazemos de tudo para atrapalhar esse desígnio.

(L): O descontrolado excesso de desejos é o maior inimigo da felicidade.

(M): Ter bom coração nos traz o prêmio da felicidade.

(N): Beneficiar os outros atrai a fada Felicidade.

(O): Ter felicidade é estar bem na cabeça, no coração e no corpo.

(P): Quando, de alguma forma, proporcionamos felicidade, nos tornamos felizes.

(R): A felicidade é um pássaro fugaz e, por isso, não devemos tentar prendê-lo; podemos apenas admirar a sua beleza.

(S): Quem souber suportar o sofrimento com dignidade e nobreza chamará a felicidade para si.

(T): A felicidade ama quem procura sinceramente ser sábio, honesto e justo.

(U): Felicidade é estar bem na própria pele.

(V): Viver prisioneiro do egocentrismo é a maior das infelicidades. Ser capaz de sair dele, mesmo que por instantes, já é felicidade.

(X): Para um coração habitado pela felicidade, tudo é festa. Para um coração habitado pela raiva e pela mágoa, nem a melhor das vidas tem graça.

(Z): A felicidade faz dos desprovidos, milionários.



TENHAM UMA SEMANA REPLETA DE FELICIDADES!!!

3 comentários:

Ernani Netto disse...

Busco a felicidade em mim e tento trazer isso à minha volta, atraindo alegrias, mas ultimamente anda difícil!

Bjaum

Cá, disse...

Uma ótima semana pra tu tb!


=]


Bjus

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Olha,
a palavra parada;
Luta,
por letras ocultas;
Ouça,
os versos internos
Solta,
a nudez poética;
Escreva-se,
poesia
ao menos um dia,
Seja.

(Maísa)

Desejo uma linda semana com muito amor, esperança e carinho.
Abraços.
Eduardo Poisl